GM7 foca na importância da produção de conteúdo

Durante o Brasil Signage, Grupo apresentou atuações dos três segmentos da empresa

Por Gustavo Zuccherato


 

Atraindo a atenção de diversas empresas com propostas de soluções fim-a-fim para o mercado de digital signage, o Brasil Signage Expo 2015 serviu para apresentar diversas possibilidades de atuação dentro deste mercado. Uma dessas empresas foi o Grupo GM7.

Baseada em três principais pilares de atuação (hardware, software e conteúdo), a empresa montou algumas telas em seu estande para demonstrar a aplicação de suas soluções.

Com um videowall 4x2 de borda fina, composto de telas Philips de 55”, ligadas em um computador com 4 saídas full HDMI, o grupo apresentou e focou na divisão de conteúdo.

“Nós percebemos que o mercado entende muito bem e acha muito legal a parte de hardware, mas ela não se atenta a manter viva a comunicação”, aponta Giovanni Maddaloni, proprietário do grupo GM7. “Nós queremos criar e vender essa cultura da importância que é manter o conteúdo vivo”, explica Maddaloni ao falar sobre o lançamento de novembro para a empresa: um portal de venda de conteúdo de notícias do Brasil e do mundo de diversas editorias, fruto de uma parceria com a Agência France Presse (AFP). Maddaloni também falou sobre a Infinity Design, uma produtora 3D de animações gráficas do grupo.

O estande ainda contava com uma solução para estandes de vendas, telas verticais e telas touchscreen multitoque.

A solução para estandes de vendas se trata de uma tela LG com interatividade, com um aparelho Intel NUC, com processador Intel Core i5.

Já as telas verticais, mais simples, foram destacadas pelo uso do player Android. “O player Android, hoje,tem uma grande estabilidade principalmente quanto a problemas elétricos e em relação ao nosso software, além de funcionalidades de scripts de HTML5 integrado no player que nós trabalhamos”, explica Maddaloni.

Por fim, ainda eram apresentada um solução feita para o estúdio de Romero Britto em Miami, com uma tela touchscreen de 64” da Philips que oferece 10 pontos de toque.

O grande destaque do evento ficou por conta de um sistema que Maddaloni garante que não há nada igual no mercado. São ilustrações coladas na parede que, ao serem tocadas, disparam impulsos que interferem no digitalsignage. Com ele, é possível fazer uma aplicação mais lúdica de soluções de digital signage.

www.gm7.com.br

Notícias Relacionadas